domingo, 19 de março de 2017

{Resenha} Eleanor & Park

Olá amoras! Há quanto tempo não nos falamos... Pois é. Como vocês estão? Espero que bem. Eu estou mega feliz e mega ansiosa para colocarmos o assunto em dia. Vambora lá?

Primeiro, vou me desculpar mais uma vez.  Lembram quando eu disse que criei o blog num momento leve da minha vida, onde eu não estava estudando nem trabalhando? Pois é, isso mudou.




Finalmente consegui entrar na faculdade de psicologia e esse foi o meu primeiro mês, de modo que ainda estava me acostumando. Quando já estava quase pronta para voltar para cá, eis que surge mais uma novidade: Um trabalho. E lá vou eu tentar me acostumar.

Faz quase um mês que a gente conversou, mas eu já consegui me organizar aqui direitinho e tudo vai voltar ao normal. Algumas alterações, mas nada muito hard. A principal novidade vocês já sabem: resenha é no dia de domingo.

Mas vamos parar de enrolação e ir para o que interessa? A resenha de hoje é sobre Eleanor & Park.

Título: Eleanor & Park
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Pensa naquele livro que seu amigo indicou, sua irmã indicou, todo mundo morre de amores por ele, mas você apenas prometia ler e adiava. Pois é, foi justamente o que aconteceu com Eleanor & Park. Quase um ano se passou e nada de eu ler, até que resolvi parar de procastinação, pedir o livro da minha irmã emprestado e fui a luta.

Melhor coisa que eu fiz.

Gente, não sei porque demorei tanto. Sério. Se pudesse voltar no tempo, teria lido antes.

Sabe aquela história que te prende desde o início ao ponto de você não saber onde está ou qual emoção é sua e qual é a do personagem? Este é  Eleanor & Park. Eu li durante os intervalos do trabalho e toda vez que parava fica alguns segundos tentando me situar.

Levei três dias para ler? Levei. Mas isso por conta da falta de tempo. Com certeza leria em apenas um de tão viciante que ele. Detalhe: ainda estou com um pouco de ressaca, mas sigo lendo.

Como diz o bebum da sua rua: "ressaca a gente cura com bebida". Pois bem, vou curar essa ressaca literária com mais livros.




Como já viram na sinopse, Eleanor & Park conta a história de dois adolescentes de 1986. Park é descendente de Coreanos e ama revistas de quadrinhos. Já Eleanor é uma garota pobre de cabelos ruivos e que se refere à si mesma como gorda.

Apesar das diferenças, os dois acabam se juntando quando Eleanor, que tinha recém se mudado para o bairro, tem que encontrar um lugar no ônibus. Por usar roupas masculinas e grandes e não possuir um corpo padrão, a garota se vê alvo de piadas.

A menina tinha a aparência exata do tipo de pessoa com o qual isso costuma acontecer.
Não só por ser uma pessoa nova ali, mas por ser grande e esquisita. Com cabelo bagunçado,
bem ruivo, além de cacheado. E se vestia como se... como se quisesse que as pessoas
ficassem olhando. Como se não sacasse que estava um desastre completo. Usava camisa
xadrez masculina, meia dúzia de colares estranhos pendurados em volta do pescoço e lenços
amarrados nos pulsos. Fez Park pensar num espantalho ou nas bonequinhas das preocupações
que ficavam na cômoda da mãe. Enfim, do tipo que não conseguiria sobreviver no colegial.
Park não é o garoto mais popular da escola, mas consegue se misturar bem.  Assim que vê Eleanor, sabe o que está para acontecer. Ele até tentou não se meter, mas teve pena da garota e falou (na verdade, mando) que ela se sentasse ao seu lado.

E, apesar de saber que isso era tosco, sentia-se meio grato por
gente como essa menina existir. Afinal, pessoas como Steve e Mickey e Tina também existiam
e precisavam ser alimentadas. Se não fosse a ruivinha, seria outra pessoa. E, se não fosse
outra pessoa, seria o Park.

 Ela gostava de ler (principalmente poesia). Ele curtia histórias em quadrinhos. Ela não tinha Alkman e mal conhecia as bandas. Ele praticamente devorava suas fitas. Ela vivia com seus irmãos, mãe e padrasto. Ele tinha apenas um irmão e morava com seus pais.
Ela era humilhada na escola. Ele era aceito.

Os dois eram bastante diferentes. Mas bastou a menina começar a ler a revista dos X-Men enquanto Park lia que uma amizade floresceu.  Ele passou a lhe esperar para lerem juntos no ônibus  e até mesmo a emprestar as revistas. Logo, as conversas começaram e ele passou a emprestar fitas com músicas pré-selecionadas por ele.

E logo floresceu o amor.

Não quero entrar muito em detalhes. Não vou nem falar muito sobre o romance super fofo e ingênuo do dois. Aquele era o primeiro amor e foi lindo e doloroso como tem que ser.

Vou chamar a atenção para os pé que nós detalhes. Sobre como é tratado o bullying e de como o livro passa a mensagem de que qualquer poderia ser um vilão, mas de que também poderia ser o herói se quisesse.

Quero chamar a atenção sobre o relacionamento abusivo, que tem um foco muito grande nessa história.  Gostei do jeito que foi tratado e de como conseguiu tornar isso verossímil,  sem exageros ou estereótipos.

Vamos falar também sobre como a Eleanor foge de todo o estereótipo de garota frágil que tanto encontramos em romances. Ela pode parecer ser a vítima,  mas não aceita esse papel. Ela é forte, diferente e mesmo tendo medo de ser rejeitada, continua em frente.

E isso é surpreendente. Principalmente se levarmos em conta o ano em que se passa a história.

O que quero dizer é: essa é uma das melhores histórias que li. Uma narrativa fluente e original. Uma história que cutuca todas as feridas que a literatura geralmente ignora ou esconde. Além de ter personagens ambíguos e reais.

A edição também está de parabéns. A capa é simples, porém linda. Me apaixonei de cara por ela e compraria o livro apenas por ela. Um belíssimo trabalho o da editora Novo Século. Não encontrei erros de tradução ou gramática.

Enfim, o que tenho a dizer é simples: leiam.
Parem tudo que estão fazendo e leiam essa história.  Se apaixonem pelos personagens, pela reflexão que essa história nos traz. Viva junto com Eleanor & Park, sorria e sofra junto com eles. Junto comigo.
Apenas leiam. E depois comentem o que acharão comigo.

Sem timidez. Comenta aqui ou me manda alguma mensagem pelas redes sociais.



Gostou da resenha? Me conta a sua opinião e me ajuda a deixar esse blog a sua cara. Por hoje foi só, mas a semana está apenas começando. Um beijo e fui!

10 comentários:

  1. Sou louca para ler esse livro <3 Ele já está na minha lista há um tempão!
    Já li Fangirl, também escrito pela Rainbow, e é um dos meus livros favoritos! Essa autora escreve muito bem ♥

    ResponderExcluir
  2. Sou a louca do romance, e já anotei esse livro na minhas wishlist literaria. Confesso que já peguei ela na livraria mas fiquei meio assim se levava ou não, mas sua resenha me deixou com vontade de conhecer melhor essa história do primeiro amor haha

    Beijso

    ResponderExcluir
  3. Arrasou na resenha. Super completa e que faz com que a pessoa tenha curiosidade de ler pra já o livro! Confesso que tem um tempo que não leio nenhum livro, infelizmente a falta de tempo é muito grande. Mas uma das minhas metas pra esse ano é ler e ler muitos liros. :))

    Bjos :*
    Blog Renata Bastos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Eleanor e Park e Fangirl que são da mesma autora foi um dos meus primeiros livros que eu comprei com esse tema mais adolecente, mas tu acredita que eu nunca li eles, por preguiça, mas sua resenha me deu um "gás " pra ler por fazer essa comparação entre eles. O único problema é que tenho que ler outro pra escola.
    Gostei muito da resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. ai amei e isso me deixa mt triste pq acabo tendo que achar esses livros e nem sempre e facil de achar isso significa que sera mas um livro pra minha lista de procura que por sinal esta imensa parabens pelo post amei a historia o romance e ja quero esse livro

    ResponderExcluir
  6. Que super dica, pareceu ser um ótimo livro. Fiquei super curiosa pra ler. Você devorou o livro, parece eu quando começo uma leitura haahhaah
    Fiquei apenas encantada. Já quero ler.
    bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  7. Já tinha escutado falar sobre esse livro, mas nunca tentei ir atrás de ler. Mas depois dessa sua resenha e de saber que é de romance (eu particularmente amo) e que é viciante. Então com toda certeza eu irei amar. bjus e sucesso.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu já recebi indicação desse livro mas nunca sobra tempo pra ir atrás e ler. A resenha ficou excelente e me lembrou de colocar de novo nas prioridades de leitura. Meus parabéns e boa sorte com a nova rotina.
    Beijo

    www.minhavidaporacaso.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu já li esse livro e realmente é muito bom. Li também só depois de muitos indicarem e foi muito bom, uma leitura bem simples mas que prende. Achei o final bem triste, mas tá ótimo.

    Café com Leite

    ResponderExcluir
  10. Já estou louco pra ler o livro. Parece ser ótimo e parece fugir dos clichês de livros que falam de adolescentes. Boa recomendação! Vou ver.

    ResponderExcluir

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais