sábado, 2 de julho de 2016

Richelle Mead

Hoje é sábado e nem por isso eu iria deixar vocês na mão, não é mesmo? Eu estou numa daquelas reuniões fabulosas de família, mas consegui dar uma escapada e aqui estou. Enquanto o povo se diverte com o churrasco e não percebe que eu fugi, vamos para o Condutor de Hoje.

Opa! Condutora de hoje. Haha!

E hoje vamos falar sobre a linda, fabulosa, maravilinda, a melhor, Richelle Mead!

Eu ouvi ovações?





Richelle nasceu no estado de Michigan, em 12 de novembro de 1975, e atualmente mora Kirkland, Washington. Tem três graduações. Um bacharel em Estudos Gerais, Universidade de Michigan, mestrado em Comparação Religiosa, Universidade Western Michigan, e um Mestrado em Ensino, Universidade de Washington. 

Ela já foi professora de 8° série, lecionando Estudos Sociais e inglês, enquanto escrevia sua priemira série: Succubus Blue.

Succubus, vampiros... A mulher é dark mesmo. 

Ela acabou abandonando sue emprego em tempo integral para se entregar totalmente aos seus livros. O que nós sabemos que deu super certo. 

O diferencial da gata é que, ao invés de gastar um ano ou mais com cada livro, ela possui um cronograma rígido onde tem que acabar um projeto para um novo livro a cada três meses. Uuuh Girl!

No meio desse tempo super apertado, que cá entre nós não é pra qualquer um, ela conseguiu arranjar um espacinho pra se casar. Sim, a mulher é casada desde 2010. O que não muda em nada o nosso crush por ela, não é mesmo?

Ela tem um casal de filhos. E mesmo assim escreve simultaneamente para três séries diferentes. Isso que é multifuncional, não é mesmo? E nós procrastinando apenas pra ficar um pouco mais na cama. Que vergonha!

Richelle tem verdadeira adoração por folclore e mitologia, o que fica bem óbvio se formos acompanhar as séries que ela escreve. Assim como a maioria esmagadora dos escritores que falamos aqui, ela sempre soube desde criança que queria ser escritora e acredita que as faculdades que cursou a preparou bem para sua profissão. 

Esse amor todo se deve a sua adolescência. Quando tinha 15 anos,  sue pai lhe dava três livros sobre esses temas e logo depois eles discutiam sobre o assunto. Quero esse pai pra mim! :3

Quando não está escrevendo, ela aproveita seu tempo assistindo reality shows ruins, viajando, testando coquetéis interessantes (Oi Adrian!) e comprando muitos, muitos vestidos. Ela é louca por café (Oi Sydney!) e, como nós meros mortais, tenta sempre fugir da procrastinação, sempre perdendo.

Como assim mulher? Tu faz mil e uma coisas, já escreveu vinte nove livros em nove anos e vem me dizer que é preguiçosa? Eu sou o que então? 

Vinte e nove livros! E eu aqui com mil projetos paralelos sem nunca acabar nenhum. To morrendo de vergonha de mim e de inveja de você, amoreco!

Ah, ela possui uma paixão maluca por todas as coisas malucas e engraçadas. O que nos explica personagens como Rose Hathaway, Adrian Ivashkov, Christian Ozera e, principalmente, Malachi Wolfe. Só quem já leu Bloodlines conhece esse ultimo, e vale muito a pena. Falando resumidamente ao extremo, ele é o professor de defesa pessoal da nossa heroína, Sydney Sage. Vestindo uma camiseta com ilustrações estranhas, a mesma bermuda de sempre e um tapa olho que parece mudar de lugar, ele mais fala sobre suas aventuras malucas do que ensina. E que aventuras! Vai de fugas de lobo até rituais em montanhas.

Ta, me empolguei. Mas não tem como falar de Malachi Wolfe e não se empolgar. Desculpa >.<

Ela já foi indicada à vários prêmios, mas só ganhou de fato o Melhor Série Adolescente com Academia de Vampiros, 2010 Teen Read Awards. O que nos leva a crer que ela é bem reconhecida lá fora.

Infelizmente, isso não ocorre aqui no Brasil. São poucos os leitores que conhece alguma série dela. Eu apenas conheço Academia de Vampiros e Bloodlines, mas morro de vontade de ler outras. E isso se deve simplesmente ao fato da escrita maravilhosa dela. Eu já falei várias vezes aqui que amo essa mulher e suas séries. Ela escreve com facilidade e muito humor, nos levando a devorar seus livros, um atrás do outro. 

Se você assim como eu gosta de algum livro dela, indique pros seus amigos. O Brasil tem que conhecer o dom dessa mulher. Se você não a conhece, se aventure. Quem sabe você não curte?

Por hoje é só, mas se você quer saber um pouco mais sobre os livros dela, basta clicar aqui. Agora deixa eu voltar pro churrasco antes que percebam que fugi. Beijos e fui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais