quinta-feira, 19 de maio de 2016

Sou uma viciada, e agora?



Tudo começou quando você viu aquele livro que tinha uma capa bonita e que logo te chamou atenção. Você o viu, pegou e não largou mais. Ou então, quando você conheceu o mundo dos gibis e passou a viver entre as palavras e desenhos.

O começo é quase sempre igual, mas se tem algo que não muda é o final.

Você leu um, dois, três. Pediu pra sua mãe comprar mais. Chamou o pai e fez cara de cachorro que caiu da mudança e perguntou se dava pra adiantar a mesada. Mais um livro foi comprado. E depois outro. E mais outro. Mas ainda não é o bastante.


Você passa a economizar. Cinema? Roupas? Aquele CD que você esperou tanto pra lançar? Nada mais importa. Você usa todo o seu dinheiro para comprar mais livros.

Uma estante pequena. E depois mais outra. Quando vê quase não há mais espaço em seu quarto de tanto livro que existe lá. Sua lista de compras só aumenta, enquanto os livros se acumulam e você ainda não leu nem metade deles.

Não adianta negar, caros colegas. Todos nós sabemos o que somos: viciados!

Você até tentar para. Deixa de comprar um pouco, se distrai com alguma série e tenta ser “normal”. E por algum tempo isso até dá certo. Mas daí você passa pela sua estante, vê alguém lendo no ponto de ônibus ou recebe a noticia que a continuação daquela sua saga preferida acaba de sair e tudo volta.

A gente brinca que não vive sem, mas o papo é sério.

Ler é bom? É ótimo. Diverte e instrui ao mesmo tempo. Mas lê muito livro num pequeno espaço de tempo faz mal. A gente fica confuso, a memória começa a falha e o cérebro, sobrecarregado, começa a lhe presentear com lindas dores de cabeça. É a fadiga mental.

Sei disso porque estou numa maratona diária onde eu estudo, leio, escrevo meu livro e ainda reservo um tempo para o blog. O dia ta corrido. E no meio desse caos todo às vezes me sinto cansada mentalmente e mal consigo ler o que acabei de escrever.

O que estou tentando dizer é que tudo em excesso tende a fazer mal. Devemos sim reservar algumas horas para a leitura. Mas também devemos tirar uma folga. Saia um pouco, se encontre com seus amigos e descanse. Você se sentirá muito mais disposto depois disso.

Sabendo equilibrar, que mal tem?

Além disso, sua mãe não vai te olha tanto como se você fosse um alien que só se alimentasse de livros. Só um pouco.


Vamos aproveitar da melhor forma esse mundo adorado dos livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais