domingo, 6 de maio de 2018

{Resenha} O Adulto, Gillian Flynn



Livro: O Adulto
Título original: The Grownup
Autor (a): Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 64
ISBN: 9788580579451
Sinopse: Vencedor de um Edgar Award, O adulto, de Gillian Flynn é uma homenagem às clássicas histórias de terror. Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes. Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação. No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance.Em seu estilo inconfundível que arrebatou milhares de fãs, Gillian Flynn traça surpreendentes e intrigantes perfis psicológicos dos personagens e tece uma narrativa repleta de suspense ao mesmo tempo em que brinca com elementos clássicos do sobrenatural.


Já faz algum tempo que li este conto pela primeira vez, mas percebi que seria um verdadeiro pecado não compartilhar minhas impressões acerca desta obra com vocês, portanto cá estou.
Reli uma vez mais esta história e, apesar de que dessa vez eu já sabia o que viria a acontecer, não senti que a atmosfera de suspense se dissipou.

Nesta história acompanhamos a trajetória de uma personagem sem nome, mas que vive de modo nada monótono. Primeiro porque seu atual emprego é basicamente de bater punheta para desconhecidos.

Num estabelecimento chamado de Mãos Espirituais (pegaram?), a fachada é de um local esotérico onde videntes atendem o público - quase totalmente feminino - na parte da frente, mas que presta outros serviços encobertos em seus fundos - apenas para homens.

Devido a um problema em seu pulso, nossa personagem tem seu cargo mudado. Agora ela se passa por uma falsa vidente que diz ter o poder de ver auras. Quando na verdade seu verdadeiro poder é de manipular as pessoas lhes dizendo exatamente o que elas querem ouvir. Um dom que ela aperfeiçoou quando criança, com sua mãe.

Nossa história realmente tem início quando uma dona de casa rica aparece pedindo ajuda para a nossa personagem. Com medo de estar ficando louca, Susan Brukes conta que seu enteado, filho do primeiro casamento de seu marido, anda cada vez mais estranho e assustador. O garoto é distante e frio e sua presença na casa vem se tornando sufocante.

Vendo como um oportunidade de ganhar dinheiro fácil,  nossa protagonista promete ajudar Susan com isso, iniciando sessões regulares de limpeza em sua casa, um solar de mais de 100 anos. A dona de casa não hesita em aceitar, temendo por sua vida.

Mas o que era pra ser apenas um golpe facil, acaba por se revelar algo pertubador. Nossa protagonista começa a pensar que talvez ela tenha caído numa enrascada, quando coisas perturbadoras começam a acontecer na casa.


Num clima de suspense e tensão, Gillian traça uma trama difícil de não se deixar envolver. Desde que Susan aparece na história, a tensão se instala e não nos larga mais.

Além disso, o clima é sempre duvidoso. Não sabemos se o que se passa ali é uma grande mentira, se é apenas a imaginação dos personagens ou se de fato existe algo sobrenatural na casa. E isso nos acompanha até o "fim" da trama.

Digo fim entre aspas porque se tratando de um conto - e um conto de Flynn - o fim tem mais cara de começo interrompido. São muitas as dúvidas que els nos deixa, sem termos certeza do que acabou de acontecer e do que ainda vai acontecer.

Porque sim, na minha cabeça - e na sua provavelmente - a história ainda se desenrola. O que nos deixa com aquele sabor inconfundível de quero mais.

Muitos leitores já confessaram que este  não é seu livro preferido da autora e, tenho que concordar, que também não é o meu. Mas acredito que seja um ótimo livro para começar.
Isso porque, se tratando de um conto, nos serve como degustação para saber se a escrita da autora nos agrada ou não. Além disso, é mais fácil de degustar do que os outros.

O que mais gosto no estilo de Gillian Flynn é justamente aquilo que é a marca desta história: a dúvida. A todo momento você se pega duvidando de todos os personagens, se o que eles falam é verdade, se aquilo de fato aconteceu. Mas você é obrigado a acreditar pelo menos um pouco, ou não conseguirá prosseguir com a história. E  o fim sempre é um quebra-cabeça faltando as peças mais importantes. Você até consegue entender um pouco do que vê, mas não consegue prever que figura ele tenta te mostrar.

Enfim, se tratando de um conto, não há muito o que falar. Apenas que, se você gosta de histórias de tensão, suspense, se gosta de escritas envolventes e personagens dúbios, este conto é uma ótima opção. Espero que gostem da leitura.

20 comentários:

  1. Já tinha visto o conto por aí, mas não conhecia a real premissa dele. Essa ideia de oportunistas dando golpe e se deparando com coisas perturbadoras me agrada bastante. Me preocupo com essas perguntas sem respostas e o gostinho de quero mais, sou muito curiosa, mas no geral amando suspense é um conto que quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila!
    Eu tenho esse conto em casa, mas ainda não li. Adoro "Garota Exemplar" e tenho muito interesse em ler outras obras da autora. Por ser um conto, imagino que dê para ler num dia e isso é muito bom no momento, rsrs.
    Adoro quando o autor deixa dúvidas na nossa cabeça, pois acabamos a leitura, mas continuamos pensando nele.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu amo contos, mas desde que o ano começou não tenho conseguido ler muitos. Ano passado foi um ótimo ano para eles, mas 2018 não está sendo tão bom.

    Nunca cheguei a ler um livro dessa autora. Assisti o filme Garota Exemplar e foi fantástico! Mas isso acabou fazendo eu perder o interesse pelo livro. Certamente apostarei na autora através de outras de suas histórias, provavelmente esse conto. Não gosto de livro que vai pelo terror, mas estou disposta a encarar O Adulto.rsrs

    ResponderExcluir
  4. Eu li um livro da autora - Objetos Cortantes - e fiquei bem envolvida na leitura, então acho que qualquer outra coisa dela irá ter o mesmo efeito em mim. Adorei a dica.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi! Adoro a escrita da autora, e gosto também da pegada das histórias. Não li este conto, mas está na minha meta de leituras faz tempo! Gosto de todo esse teor sobrenatural e duvidoso que ela consegue impor neste conto, porém odeio o fato de ser um conto, sem ter mais pra gente ler e imaginar! Mas não dispenso a leitura de modo algum, pelo contrário, quero muito ler!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Eu ainda não li nada da autora, mas assisti uma adaptação de uma obra dela e gostei bastante, então acredito que quando eu ler as obras dela irei gostar das histórias também, até porque só vejo as pessoas falando super bem dela!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu nunca li nada da autora, mas confesso que o único livro dela que me desperta uma certa curiosidade é Garota Exemplar. No entanto, eu não costumo ler thrillers, e terror muito menos. Então, acho que esse conto não faz meu estilo mesmo. Além disso, acho que esse final que deixa o leitor cheio de dúvidas iria me irritar bastante.
    De qualquer forma, parece ser uma leitura interessante para quem gosta do gênero. Além disso, por se tratar de uma leitura rápida, pode ser mesmo uma forma para começar a conhecer a escrita da autora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Tudo bom?

    Confesso que não li nada da autora e não pretendo, quando se trata desse gênero eu sou mais afeiçoada a filmes do que livros. Gostei de saber que ficamos na dúvida do que é real ou não, acho emocionante e angustiante haha. Uma pena que o autor deixa muitas dúvidas com o seu "não final", mas enfim, adorei a resenha. A escrita parece ser magnifica ♥

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Ainda não tinha lido sobre o que se tratava esse livro e gostei do desenrolar da trama. Já conhecia a escrita da autora e por ser uma leitura fluida e com bons suspenses, me deixou curiosa pra ler.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Olá, ótima a sua resenha. Da Gillian Flynn eu já li Garota Exemplar e fiquei curiosa para ler mais obras dela, mas confesso que apesar de ter vontade de ler esse conto, tenho certo receio de não curtir esses desfecho.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Gostei muito da sua resenha.
    Já estive muito interessada em ler Gillian Flynn, agora já não me enche tanto os olhos.
    Vou anotar a dica e salvar o link da sua resenha aqui para uma leitura futura...
    Beijos
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nossa não fazia mesmo ideia que esse era o enredo do livro. Eu gosto da Gillian, apesar de ter conhecido duas de suas obras apenas por conta dos filmes. Vou tentar ler esse conto já que é menor e ver se gosto da escrita também.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    eu ainda não li nada da Gillian, mas assisti garota perfeita e fiquei boa com os rumos que a história tomou, de lá pra cá meu desejo de dar uma chance aos livros da autora tem aumentado consideravelmente ainda mais quando me depara com resenhas como a sua que instigam a curiosidade.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Oi, Camila

    Adoro quando os autores são capazes de plantar a dúvida na nossa cabeça. Eu confesso que ri aqui quando soube que ela masturbava pessoas e teve que parar por conta de um problema no pulso! Hahahah
    Foi há pouco tempo que descobri que esse livro era um conto, pra mim era uma obra completa mesmo.
    Realmente é um bom livro para começara ter contato com a autora, vou guardar a dica.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Essa autora de fato é extremamente conhecida e as suas obras são muito divulgadas por todo o meio. Tenho muita curiosidade de ler seus livros e contos, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade. Esse ano, não sei o que aconteceu, mas virei minhas leituras para esse lado do suspense e misterio e não me arrependi... já quero ler esse conto porque a sua resenha me aguçou a curiosidade de várias maneiras diferentes.

    beijos,
    Mayara
    http://www.livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?

    Ainda não li nada da autora, apesar da fama. Mas eu recebi um grande spoiler de Garota Exemplar, então acabei desistindo da leitura na época. Achei a premissa desse conto interessante e, por ser mais curto, talvez eu possa começar a conhecer o trabalho da autora por ele e ver se eu gosto da escrita. Além disso, quero muito saber o que ocorre naquela casa, se é algo sobrenatural ou algo simplesmente assustador e humano. Só lendo pra descobrir, né?

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Sabão que faz um bom tempo que não leio contos? Mas vendo sua resenha deste, fiquei bem curioso. Afinal você dizendo que mesmo lendo por uma segunda vez, o suspense continuou aceso, a história realmente deve ser muito boa. Vou buscar ler.

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    O que eu acho mais curioso nos livros da Flynn é que nenhum de seus protagonistas são comuns, pelo contrário, são extremamente peculiares. Tenho curiosidade em ler esse conto, por gostar demais dos outros livros da autora, espero gostar desse também, pois interessante a história é.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bem? Sou suuuper fã da Gillian (inclusive, cadê livro novo???) mas só fui ler O Adulto esse ano, e agora estou oficialmente órfã de seus livros. Gostei bastante desse conto e concordo com você: a dúvida é marca registrada nos livros da autora, e não foi diferente com esse. Fiquei tensa do início ao fim!

    Adorei seu post :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Já tive a oportunidade de ler esse livro e gostei dele, apesar de confessar que achei ele bastante confuso em alguns momentos e deixou desejar em outros. Como não li nenhum outro da autora, não tenho como comparar, mas ele despertou minha curiosidade, sem dúvidas.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais

Titulo do slide...

Aqui voce vai colocar o conteudo ou falar sobre seu artigo relacionado a imagem do lado

Leia mais