sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Esteriótipos em filmes, séries e novelas

Hello humanos! Já faz algum tempo que não posto algo aqui (estava com preguiça).



Bom, eu sou o tipo de pessoa que gosta de problematizar (talvez até demais), então é valido dizer que certas coisas me incomodam bastante. Há um tempo atrás, foi feito aqui no blog um post sobre 5 esteriótipos que você deve evitar (no qual recebi uma linda dedicatória), e seguindo isso, eu decidi fazer uma "segunda parte" e falar sobre alguns esteriótipos que aparecem em filmes, séries e novelas. Prontos?


Hipersexualização da mulher: 
Por algum motivo desconhecido (ou idiota), a maioria dos filmes e séries adoram hipersexualizar a mulher, sempre mostram a mulher seminua ou nua como se ela fosse apenas um corpo bonito e nada mais. Sem dizer que muitas vezes a mulher usa seu corpo  pra seduzir alguém ou conquistar algo.


O cara machista: 
Sempre têm aquele cara que vê a mulher como um objeto sexual, quando não vê, sempre fica naquela coisa de "lugar de mulher é na cozinha", "mulher não pode fazer tal coisa", ou aquele cara que pra conquistar uma mulher, ele precisa perseguir e não aceitar um "não" dela. Não vou mentir, tenho uma preguiça enorme de gente assim (e quem não tem?).



A mulher que não consegue viver sem um macho: 
É muito raro ver nas telinhas uma mulher forte e independente, que passa a mensagem de que você não precisa de homem pra ser feliz e bem sucedida, invés disso, vemos aquela mulher que sempre precisa de um cara pra fazer tudo, como se fossem dependentes dele.  Ou temos aquela mulher que é bem sucedida, tem uma vida maravilhosa, mas só consegue um final feliz com um homem.




Rivalidade/competitividade feminina:
É muito raro ver mulheres se apoiando e empoderando uma a outra, o que vemos na realidade são mulheres que só pensam em competir com outras por causa de macho (outra coisa que tenho preguiça) ou criando rivalidade por motivos, digamos, idiotas. É bem raro vermos mulheres em sororidade, quando elas se ajudam e deixam de lado essa rivalidade causada por causa de (pasmem) um homem.

Chacota com pessoas LGBTs:
Esse estereótipo me irrita bastante, porque a maioria dos personagens LGBTs são retratados da seguinte forma:
Gay: são tratados como franzinos, fracos, que entendem tudo sobre moda, são usados como chacota e que "viram" héteros com o tempo.

Lésbica: hipersexualizada ao extremo, ou mostrada como uma mulher gorda, feia e de forte caráter. 

Bissexual: é bem raro ver um personagem assumidamente bi, são sempre retratados como pessoas confusas. Sem falar que muitas vezes são retratados como pessoas que só servem pra realizar fetiches de outros.

Transexual: pessoas vulgares e confusas, sem dizer que é raro eles aparecerem, e quando aparecem, não são tratados homens ou mulheres de verdade.

O que acharam disso? É algo muito pesado, não é? Comente aqui nos comentários sobre algum esteriótipos que incomodam vocês e que eu tenha esquecido de mencionar.

E por hoje é só, semana que vem teremos mais coisas interessantes aqui, see ya! #paz

4 comentários:

  1. Oláá! tudo bem??
    Ah, eu vejo muito isso em novela.. por isso, tenho um pouco de preguiça. Acho que filmes e séries estão saindo um pouco disso, exceto pela parte da hipersexualização da mulher né.. acho que isso, infelizmente, sempre vai existir ''/

    Seguindo aqui!
    beeijo
    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi! Primeiro tenho que dizer uma coisa, só vim aqui por causa desse gif maravilhoso auhauhsuhauhs Mass amei o post! Concordo com tudo que você falou. Eu evito assistir ou ler algo quando sei que a mulher tem essas características. Acho tão anos 50 nos colocar como a princesinha que precisa do macho alfo pra ser feliz, ou aqueles filmes onde a mulher é hipersexualizada, acontece mt em filme de herói e eu amo filme de herói, então fico bem revoltada kkkkk
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu realmente evito assistir séries, filmes desse tipo, estou cansada de tanta gente se importante com o que o outro é, ou enchendo de rótulos, isso me estressa e me magoa, parabéns pela postagem.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do post e do tema! Acho que devemos nos manifestar sempre que vermos algo tão tosco como os exemplos que você citou. Acabei de ver uma propaganda absurda de cerveja que ninguém merece. E na televisão ainda temos muito disso tudo.

    ResponderExcluir