quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Escreva agora!

Olá amoras! Como vocês estão? Eu estou muito bem, obrigada.

Primeiro tenho que me desculpar por não ter postado nada na terça. Sorry... Mas foi por uma boa razão, eu juro.

please ;-;

Deixa eu me explicar.



Vocês sabem há muito tempo que eu escrevo. Caramba, quantos posts nesse blog foram exatamente sobre isso? É óbvio que sim.

Pois bem. Depois do desafio NaNo, a vontade de escrever não me abandonou mais. Tenho que confessar, sempre fui muito preguiçosa com as minhas histórias. Quantos livros não abandonei exatamente por isso? Já perdi a conta. Mas com o sucesso que foi o desafio, minha vontade de escrever só aumentou ainda mais.

O que eu fiz?

Participei de outro desafio totalmente louco.

Isso mesmo. Eu não tenho limites.

"Por que era um desafio louco?", você me pergunta. E eu fico bastante feliz em te responder.

Na plataforma Wattpad, que eu falei na semana passada, existem alguns concursos literários, para estimular o autor. Então ele pode ser desafiado a criar romances, terror, suspenses e por ai vai. E eu acabei encontrando um desses desafios e resolvi fazer.

Só que

  1. Era um desafio natalino, onde eu tinha que escrever um conto.
  2. Era pra li dois dias.
  3. O conto deveria ter 5000 caracteres (não palavras, como eu havia pensado)
Eu não sei vocês, mas escrever um conto pequeno assim, com natal como tema, em dois dias é bem... impossível.

Então lá estava eu, de noite, tentando escrever algo que prestasse. E vou lhes dizer, foi bem difícil. Tentei várias vezes encaixar a história que eu queria naquele conto minúsculo. Mas eu precisava de mais espaço, de mais palavras para desenvolver.

Então eu fui dormir.

E não é que as 03:00 da manhã - eu fui dormir de 02;00 - eu tenho uma ideia do nada? Pois foi isso mesmo que aconteceu. E, contrariando os meus familiares, levantei e fui escrever.

Nem sei quanto tempo passou, mas sei que foi rápido. Apenas escrevi, sem revisar e nem pensar e pronto. Nasceu Era Destino.

eu sei, a capa ta muito lindo. obg

O que eu quero dizer com isso é: você ai colega, que anda com um bloqueio horrível, que tenta escrever, tenta ter uma ideia bacana, pare de tentar.

Sério. Só faça.

Não importa como, não importa o seu julgamento. Só faça.

E eu sei  o quanto é difícil isso. Eu sei muito bem que é mais fácil falar do que realmente fazer. Eu já estive na sua pele. E provavelmente, vou voltar em breve. Mas pare de tentar e apenas faça.

Se não consegue por muito tempo, então vá aos poucos.

Não pense na história como um todo. Foque em cada cena, em cada pequeno trecho do que você anda escrevendo. Pense apenas no imediato, no que você pode fazer agora. Se preocupe com o depois em outro momento, não agora. 

Sério, isso funciona. 

Quando eu tentava organizar toda a história, não fluía. Eu sempre entrava num ritmo totalmente errado. Vocês sabem como é. Como se não tivesse certo.

Mas quando eu tive aquela pequena ideia, o principio de tudo, e apenas me dispus a escrever, funcionou. Fiquei com medo de não levar a nada, é claro. Mas ignorei e continuei. E a história fluiu sozinha. Sem nenhuma ajuda.

Eu não ditava nada. Era apenas um instrumento.

Então vamos fazer um acordo. Não, vamos fazer uma aposta!

Você ai que está lendo e provavelmente não ia comentar nada, agora você vai. Se você querido leitor tentar essa técnica, quero que venha aqui e conte como foi. Não importa se funcionou ou não. As coisas funcionam com algumas pessoas e outras não. Não importa. Só... arrisque.

Se você tiver a coragem de me contar, eu prometo que faço um novo conto. Só que dessa vez sem qualquer limite. Vou deixar a história desenrolar.

Combinado?

Por isso é só minha gente. Como eu não publiquei na terça, juntei as dicas e a nossa conversa de toda quinta. Espero que tenham gostado.

Ah, quase esqueci. Quem se interessou pelo conto, vou deixar o link aqui ó. Espero que gostem. 




2 comentários:

  1. QUe legal!Muito bacana esse incentivo que vc faz, já pensei em escrever tbm mas nunca começo! bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá, que legal essa iniciativa. Eu também andei me arriscando e escrevi alguns contos, mas sei lá, kkkk

    Adorei o seu, parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir