terça-feira, 22 de novembro de 2016

[Entrevista + Resenha] A Vampira

Olá amoras, como vocês estão?
Eu estou super animada, sabe por quê? Vocês não vai acreditar. Hoje tem resenha e... entrevista!


Gente, eu tenho que confessar. Eu fiz algo terrível, algo que vai mudar o jeito que vocês me veem... Eu consegui uma parceria e não contei pra vocês.

Eu sei, eu deveria ter contado. Nossa relação é baseada na confiança mútua e eu posso ter estragado tudo, mas foi por uma boa razão. Acontece que eu... Eu queria fazer uma surpresa, ora essa!

E é por isso que hoje vamos ter uma resenha E uma entrevista com a Martina Romero!



Eu conheci a Martina num grupo do facebook e fiquei totalmente chocada ao descobrir que, com apenas 13 anos, ela já tinha conseguido publicar um livro. Sim, minha gente, vocês não leram errado. É um prodígio, ou não é? Se já é difícil conseguir uma espacinho nesse mundo literário, imagine com essa idade. Mas ela conseguiu e hoje vamos conhecer um pouco mais sobre ela e sobre o sue primeiríssimo filho publicado.

Vamos à entrevista?



1. Conte um pouco como surgiu a ideia de escrever A Vampira. O que te inspirou?


Quando a ideia surgiu, eu estava lendo muitos livros onde o herói, o mocinho, sempre era A mocinhA. Sempre uma garota, e o cara mau era o garoto. E isso estava se tornando muito chato pra mim, aí decidi mudar a coisa toda. E se o assassino fosse a mulher, uma bad girl, e o cara fosse o mocinho? Estilo good boy, sabe?

 2. Você colocou a história primeiro no Wattpad e só agora que ele virou físico. Você esperava que isso fosse acontecer?

 Sempre tive planos com meus pais para publicar um livro. Antes, eu queria publicar um chamado Portal para Magia (agora que entendo um pouco mais de escrita e histórias, vejo que aquele rascunho era terrível haha), mas aí a ideia de A Vampira surgiu e eu quis esperar para publicar. Mal terminei de escrever essa história e já estava mandando e-mails para várias editoras.

3. Falando em Wattpad, como foi sua recepção lá? Qual foi a sensação em ter tanta gente lendo suas histórias e gostando?

No Wattpad, eu comecei publicando fanfics de PJO, e tinha uma galera que gostava, então eu tinha em andamento umas três histórias ao mesmo tempo! Mas aí decidi começar a publicar A Vampira e foi tipo "UAU!". Era bem mais gente lendo, interagindo, comentando, e aí o negócio foi crescendo. Eu simplesmente amava a forma como os leitores interagiam comigo. Com certeza, a parte de publicar capítulos semanalmente e ver o que as pessoas acham é o que mais gosto.

4. Olha tenho que te dizer que fiquei bastante surpresa quando descobri que você tinha 13 anos. Não parece. Tanto na aparência como no jeito que você escreve. Então a minha pergunta pra você é: quando e como você começou a escrever?

Hahaha, muita gente acha que tenho mais que 13 anos.
Comecei a escrever aos 10 anos. Eu queria criar histórias com personagens que ja existiam (na época eu era viciada em PJO e TMI) e então comecei a escrever. (Nem preciso falar que a professora odiava corrigir minhas redações, porque era coisa de 5 ou 6 folhas haha).


5. Quais são suas maiores influências literárias? Quais autores te influenciaram como escritora?

Nossa, tem muitos autores! Rick Riordan (os livros do cara praticamente me fizeram começar a escrever!). A Marcia Rubim, também! E a Sarah J Maas (sou APAIXONADA por toooodos os livros dela hehehe).

 6. Na sua descrição você diz que tem verdadeira paixão por cavalos. Conta um pouco sobre isso e aproveita e nos falar que outras paixões você coleciona.

Sou mesmo apaixonada por cavalos. Tanto que na minha primeira história (Portal para Magia), os personagens tinham cavalos alados de estimação ahahaha. E a Katharine, de A Vampira, também adora esses animais. Mas eu também amo livros hahaha e adooooro desenhar (sou dessas que tem um lápis de cada número e 50 lápis de cor no estojo hehe).



7. No seu perfil do Wattpad você tem ainda mais algumas histórias. Conta um pouco sobre cada uma delas e como você se inspirou para escrevê-las.

Tem Crianças Assassinas, que é algo totalmente diferente do que estou acostumada a ler e escrever. A ideia surgiu de um sonho - pesadelo - que tive, e achei a ideia tão genial que acabei escrevendo (modificando grande parte haha). Tem também Máscara, um micro conto que originalmente escrevi num dia que estava toda melancólica, tratando as "máscaras" que muitas pessoas usam pra esconder seus verdadeiros sentimentos. As vezes a gente sorri, mas por dentro está chorando, sabe? Foi essa a mensagem que quis passar com esse conto. Hm... tem Trevas em Luto: foi um conto que escrevi para o concurso de FantasiaBR no Wattpad. Tinha que usar seres fantásticos pequenos, e acabei escolhendo as fadas. Escrevi em menos de uma hora, e realmente amei o resultado hehe. E a última... Reflexo Amaldiçoado: escrevi ano passado para um trabalho de produção de texto e acabei decidindo postar no Wattpad.

8. Você teve dificuldade em escrever alguma cena? Fala um pouco sobre os desafios que você enfrentou escrevendo esse livro. Se houve algum.

Ahhh, sim! Não em escrever ditamente, mas em pensar na cena. Tipo, eu sabia que (SPOILER) quando a Katherine e o Daniel se resolvessem, eles iriam "se pegar", e eu não sabia como caramba escrever isso! Aí pensei um bocado, e acabei deixando a cena pra imaginação do leitor, porque não narro nada muito quente no livro (até porque não tem como escrever hot sem experiência, né? HAHAHA).

9. Seus personagens são inspirados em alguém? Se sim, você pode contar em quem?

Meus personagens tem um pouco de mim e de como eu gostaria que as pessoas ao meu redor fossem. Eu já disse que a Katherine ama cavalos como eu, mas parte do humor dela vem de mim. E o Daniel seria o meu "cara perfeito", sabe? Sonhar não custa nada hehe. E a Ana e a Cassie são pedaços de mim, fazendo amizade - ou tentando - com todo mundo, ja chegando na intimidade, essas coisas.

10. Agora que você conseguiu publicar A Vampira quais são os seus planos pro futuro?


Planejo publicar outros livros no futuro. Até estou escrevendo outro no momento. Mas quando for crescida mesmo, quero fazer faculdade de Letras!


Ah, ela não é um amor? Estou totalmente encantada, mas não apenas pela entrevista. Vamos conhecer um pouco mais sobre A Vampira!

Resenha


Título: A Vampira
Autor: Martina Romero
Editora: Novo Século (Novos Talentos da Literatura Brasileira)

Número de Páginas: 256
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione

Compare e Compre: Amazon # Submarino

Compre diretamente com a autora (autografado): Martina Romero


Sinopse: Katherine Miller é uma vampira que foi transformada há mais de três séculos por seu grande amor, Daniele. Depois de oito anos juntos, ele decide abandoná-la para mantê-la segura, já que ao seu lado ela corria perigo. Antes de partir, porém, Daniele promete protegê-la, ainda que de longe, sob qualquer circunstância. Para um vampiro, a palavra é tudo, mas Kath não se convence e, a partir daquele momento, abdica de qualquer sentimento. Agora, trezentos anos depois, sozinha e diante da eternidade, Katherine é uma vampira sem compaixão, que mata sem parar. Para se entreter, ela se matricula na universidade e, logo no primeiro dia de aula, reencontra alguém de seu passado. O choque é enorme. O que ele fazia ali? Mesmo com sede de vingança, Katherine começa a perceber que, apesar de tudo, ainda sentia algo por Daniele. Negando esse sentimento para si mesma, tenta mascará-lo com raiva, mas, aos poucos, começa a ceder. Ele ainda quer protegê-la, pois há um grande perigo à espreita. Para ficarem juntos, porém, ela terá que deixar seu rancor de lado.


Katherine foi transformada há muito tempo. Para ser mais exata, fazem mais de trezentos anos que ela não está mais viva. Mesmo assim, ela ainda vaga pela terra. E por onde ela passa, sempre deixa um rastro de destruição e morte. Katherine Miller é A Vampira.

Ela foi transformada por seu ex-namorado, Daniele. Os dois viviam num vilarejo da Itália. Ele era um nobre, ela uma simples camponesa. O amor dos dois era proibido. Mas eles conseguiram ficar juntos. Mesmo que para isso tenha sido preciso transformá-la. É claro, ela acabaria arranjando outro desculpa se não fosse, tudo que mais queria no mundo era passar a eternidade ao lado dele.

Porém, alguns anos depois de Catarina ter sido transformada - esse era o seu antigo nome - eles começam a ser perseguidos. Pulando de cidade em cidade, eles vivem uma vida de fugitivos. Até que Daniele decide deixá-la, para que assim ela fique em segurança. Afinal, era ele quem estava sendo perseguido.

Catarina não gosta nem um pouco da ideia, ma não há nada que ela posa fazer. Daniele prometeu e palavra de vampiro é coisa séria. Nunca pode ser quebrada, nem mesmo se eles quiserem assim. E assim Daniele a deixa.

Agora, Catarina se chama Katherine. E não foi apenas o nome que mudou, sua personalidade também. A garota meiga e sensível, que detestava matar e não fazia mal à ninguém, dá vez para uma vampira fria, sem remorsos e que mata qualquer que atravessa o seu caminho.

Mas o destino lhe reserva uma peça. Bem quando ela estava começando uma nova faculdade, o passado bate em sua porta. Na verdade, ela foi convidada a encontrá-lo numa festa que iria acontecer em seu quarto.

Daniele agora se chama Daniel, mas ainda é o mesmo. Ele fica chocado com a mudança de vida de Katherine e tenta reconquistá-la.

Tendo que lidar com todos os sentimentos escondidos que ela jura não mais sentir, Katherine se vê novamente numa perseguição. Mas agora é a sua cabeça que eles querem. Como ela pode fugir?



Tenho que dizer que eu não esperava tanto dessa história. Primeiro porque, bem, existem muitas histórias de vampiros por aí. E segundo porque eu não conhecia a escrita da Martina. Mas todas as minhas expectativas foram superadas.

O ritmo da história é tranquilo. Você não se perde e a história não se arrasta. O clima de mistério envolve todo o livro. Mistério pelo passado de Katherine e mistério pelo futuro. Outro ponto positivo é vê o quanto a autora se preocupou em retratar os vampiros como as lendas. Todas as características foram preservadas, desde a força até o fato de não poderem entrar numa casa sem serem convidados. 

Mas nessa história vemos a humanização deles. Eles não estão mais vivos e seus corações já não batem mais, mas ainda preservam e sentem sentimentos. O romance é tocante e eu me peguei torcendo por eles a todo instante.

Os personagens são muito bem construídos. Principalmente Katherine. A carga emocional que ela traz, seus segredos, tudo é muito surpreendente e muito bem trabalhado. Lá para o fim, quando começam as revelações, tudo que eu queria era ler mais e mais, descobrir mais coisas sobre Katherine e assim entendê-la. E sim, tem como entendê-la.

Para quebrar a tensão e nos fazer ri temos  Jesse, o outro vampiro, Tatia, a bruxa amiga de Catarina que hoje é um fantasma e alguns personagens de uma só cena. O humor é algo bem marcante na história e alivia toda a esfera de sobrenatural e suspense.

Daniele é o tipo de cara que toda garota quer ter e quer se apaixonar. Me peguei diversas vezes suspirando por ele - e me perguntando qual o problema da Katherine e por que ela ainda não pegou ele.

Katherine é uma vilã. Um que por si só já abala todas as estruturas. Estamos tão acostumados com a garota boazinha, a menina tímida e sensível que nunca faz mal a ninguém que vê Katherine é surpreendente. Ela não sente remorso. Ela mata as pessoas num piscar de olhos, usa seus poderes de forma incontrolada e nem sequer pensa sobre isso. Vê quem ela era e o porquê se tornou assim é maravilhoso.

A escrita é bem fluída. Nada muito carregada, é bem simples. Temos algumas partes que se passam na Itália e vê que a autora se preocupou em retratar bem esse espaço e até mesmo nos apresentar falas com a língua é delicioso. Demonstra um carinho muito grande com a obra e eu fiquei muito feliz em vê isso aqui.

A capa é bem trabalhada e com relevo (coisa que eu amo <3). Por mais que eu não goste de capas com pessoas, eu gostei bastante dessa. Principalmente dos olhos de Katherine. A diagramação é muito bem feita. As folhas são amareladas e a letra é de bom tamanho. E o cheiro... é dos melhores! 

A Vampira é uma história muito envolvente e bastante leve. Você consegue terminar em poucas horas. Bem, eu consegui. Os personagens são ótimos e a história é muito bem trabalhada.  O que mais posso falar? Ah, sim. Leiam!

Algumas informações:

Fanpage da autora no Facebook
Instagram
Fanpage do livro no Facebook
Degustação no Wattpad


Por hoje foi só amores, mas fiquem ligados que a semana não terminou ainda. Muito pelo contrário, está só começando!

31 comentários:

  1. Olá Camila
    Eu nao conhecia a autora e nem seu livro, mas que legal saber um pouco a seu respeito. A entrevista ficou otima, e realmente espero é incrivel como publicou cedo seu livro. Esta de parabéns!!! Eu fiquei bem curiosa sobre o enredo e adorei poder conferir suas impressões a respeito. Também gostaria de poder ler. Vou conferir mais sobre o trabalho da autora sim.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico feliz que você tenha gostado e também me surpreendi com a idade da autora. Espero que goste do livro tanto quanto eu gostei.
      Bjs!

      Excluir
  2. Olá
    Primeiramente: Cheiro dos melhores... Eu ri com essa rsrs. Eu não sou muito fã de histórias com Vampiros pois as que li 99% me decepcionaram, apenas o que se salvou foi o Vampiro Imperador que inclusive super te indico caso você não tenha lido ainda. Eu também fiquei bem surpreso em saber que a autora tem apenas 13 anos de idade rsrw, um prodígio como você mesma falou. Sobre a capa eu concordo parcialmente com você, pois eu também não sou chegado a livros com pessoas nas capas, e essa não foi uma exceção, achei a mulher bem estranha de mais, a edição dada nela ficou um pouco amador. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fala sério, quem não ama cheiro de livros?
      Que pena que esse tema tenha te decepcionado. Ainda não li Vampiro Imperador, mas agora que você indicou, vou ler.
      Bjs!

      Excluir
  3. Não conhecia a obra da autora e já vou fuçar lá no wattpad pra conhecer. Ela é bem simpática e achei lindo ela falar que o Rick Riordan a inspirou escrever. Adorei o post.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ela é um amorzinho mesmo, tenho que te falar. Espero que se interesse pelo livro e acabe gostando da história.
      Fico feliz que tenha gostado.
      Bjs!

      Excluir
  4. Olá,
    Já tinha visto este livro e até colocado em minha lista do Skoob, mas não sabia que ela era tão nova, isso me gera um pouco de insegurança, meio bobo né ?! Mas não sei, talvez leia futuramente.
    Gostei da entrevista.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Vou te falar que também fiquei com um pé atrás, principalmente quando lembrei da minha escrita nessa idade. Mas a autora tem uma facilidade com as palavras que não condiz com a idade dela. Se arrisca e quem sabe você não acaba gostando?
      Fico feliz que tenha gostado.
      Bjs!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem a autora, obrigada pela indicação.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigada pelo comentário e fico feliz que tenha gostado.
      Bjs!

      Excluir
  6. OLá!!! Meu Deeeeus, a Martina é muito fofa hahahaha e não aparenta ter 13 anos de forma alguma, principalmente pela maturidade que demonstra ter ao se expressar. Parabéns pela parceria nova, Camila, muito sucesso para o blog. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ela é mesmo uma fofa, não? Obrigada e tudo em dobro pra você.
      Bjs!

      Excluir
  7. Oie Camila!!!
    Q legal!! Parceria sempre é bom, né? Desejo muito sucesso a ambos.
    Eu ainda não conhecia a Martina e a sua obra. E pela entrevista ela parece ser uma fofa! Muito simpática.
    Achei a sinopse bem interessante e não tão clichê. Realmente parece ser bem envolvente.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigada pelo carinho. Ela é realmente um amor. Espero que se interesse pela história e goste.
      Bjs!

      Excluir
  8. Adorei a entrevista. A Martina é uma mega fofa e gostei de pode vê-la falando um pouco mais sobre si e sobre o livro A VAmpira é uma obra que eu já li e gostei bastante, achei bem legal poder conferir a sua resenha e saber sua opinião sobre a obra. Acho que a autora tem um bom futuro como escritora pela frente.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pra essa menina. 13 anos com um livro escrito e com um comportamento de gente grande. Adorei a entrevista com ela. Uma linda!

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Nossa que orgulho ver a Martina dando entrevista, ela se tornou uma pessoa muito querida por mim e merece realmente ganhar esse reconhecimento. Gostei muito das respostas dela, já sabia que ela foi reconhecida primeiramente no Wattpad e foi bom entender um pouco mais sobre como ela conquistou tantos leitores. Eu adorei o livro também, bem divertido e me lembrou muito TVD haha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Comoassim autora tem 13 anos? Eu tenho 24 e ainda nem sei comer sozinha! ~bricadeirinha~
    Adorei conhecer a autora, muito legal ver que ela foi bem recepcionada no Wattpad, e, melhor, que de lá estão saindo ótimas obras. Ainda não conhecia o livro, mas fiquei intrigada, pois achei muito legal a história ser envolvente e bastante leve. Pela idade da autora é surpreendente que ela não tenha se perdido, acho que temos uma joia rara com um dom verdadeiro para escrever.
    Quero muito o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Que com conhecer um pouco sobre a autora e o livro, e saber que esse trabalho passou pelo Watttpad. Eu amo aquela plataforma, consegui publicar minha história lá e está tendo ótimos resultados!
    Parabéns pelo post!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Horrível mesmo, maldade pura não contar sobre a parceria. Mas está desculpada por conta da bela entrevista que você fez. Acho incrível como os autores estão sabendo usar o Whatpad para divulgar seus trabalhos. Apesar de não ler nesta plataforma, sempre vejo autoras que vieram de lá. Que bom. Sucesso para a autora, que se mostrou bem simpática.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Ahh parabéns pela entrevista!
    Eu gosto de ler um pouco mais dos autores, assim sei como eles começaram na escrita e ate mesmo tudo o que passaram para publicar o livro.
    Adorei essa entrevista.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. E quando eu penso que já estou cansada de histórias com vampiros vem sua resenha com a entrevista que me deixam querendo por mais...rs
    Sim, eu leio muito sobre vampiros e mesmo assim, fiquei curiosa com esse. E a autora só tem 13 anos??? UAU!!!!
    Realmente não é fácil achar um espaço nesse meio, mas com determinação se consegue. então, desejo muito sucesso para a Martina :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi.
    Autora com treze anos?
    E já desconstruindo estereótipos dessa forma?
    Realmente ela é um prodígio.
    Amei o fato de a personagem principal ser uma vilã.
    Amo fantasia, principalmente com seres sobrenaturais.
    O que posso dizer?
    Não teve nada nessa resenha e entrevista que eu não tenha gostado.
    O livro foi para minha lista.

    ResponderExcluir
  17. Oi.
    Autora com treze anos?
    E já desconstruindo estereótipos dessa forma?
    Realmente ela é um prodígio.
    Amei o fato de a personagem principal ser uma vilã.
    Amo fantasia, principalmente com seres sobrenaturais.
    O que posso dizer?
    Não teve nada nessa resenha e entrevista que eu não tenha gostado.
    O livro foi para minha lista.

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Amei a Martina e a visão dela sobre as coisas, escrever um livro nunca é fácil e fazer isso com 13 anos então, fiquei encantada. Gostei bastante da trama, faz tempo que não leio nada com vampiros, vou apostar! Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Gente, a Martina é uma linda! Também fiz parceria com ela e me mandou esse livro simplesmente maravilhoso que estou enrolando para fazer a resenha porque nem sei o que pensar, me apaixonei muito! Sem falar nessa pouca idade dela, espero muitas coisas boas dela no futuro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Você não sabe como fico feliz em saber que com apenas 13 anos a autora já lançou seu livro, isso é muito bom (e importante) para a literatura nacional, espero que muitos se inspirem na Martinha e não desistam dos seus sonhos. Fiquei bem curiosa em relação a obra, pois já tinha ouvido falar, e sou muito fã de livros de vampiros, simplesmente amo, ainda mais se os esteriótipos estarão trocados *------*

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Nossa que linda c treze anos tendo seu primeiro livro publicado. Ru fico muito orgulhosa quando vejo essa galera mais nova já se apaixonando logo cedo pela literatura.
    Achei a proposta só livro bem interessante ainda mais porque amo vampiros e os mesmos me fascinam de uma tal forma que não dá para explicar e fiquei curiosa para ler o livro dela.
    Só não gostei muito dessa capa mas tenho certeza que dentro do livro existe uma história encantadora.
    Dica super anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá, adorei a entrevista e a autora realmente é uma fofa e não parece ter 13 anos
    Bem novinha,que bom que ela conseguiu realizar esse sonho tão rapido
    O livro infelizmente não me chamou atenção, corro demais de historias de vampiros

    ResponderExcluir
  23. Oiee ^^
    Eu já tinha visto a capa desse livro antes, mas não conhecia a autora. Achei-a um pouco parecida comigo...haha' eu também fazia redações de páginas e mais páginas, adoro o tio Rick (impossível não amar!) e também escrevo desde pequena. Mas eu não gosto muito de vampiros...haha' porém, achei interessante essa inversão de papéis. Cansa mesmo a mulher sempre ser a mocinha e o bad boy. Deve ser legal ter um mocinho e uma bad girl.
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Lendo a sua resenha me veio a Katherine do TVD, não que ela tenha copiado, mas me veio logo na mente. Eu amei a história e o enredo, sou suspeita de falar pois amo esse gênero literário. Espero poder ler o livro em breve e ver como os personagens vão se desenvolver.
    Só não gostei muito da capa, está bem mau feita na minha opinião.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir