quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Condutor de Primeira Viagem

Olá, olá!

E que quinta feira mais friorenta foi essa, minha gente? Credo. Passei o dia espirrando. Reclamei do calor, mas esse frio também não.

Mas vamos deixar de reclamar, porque não foi pra isso que viemos. Lamento decepcionar vocês, mas hoje não tem tag, não tem lista e nem brincadeira. Ta, tem um humorzinho aqui e outro acolá que de azedo já basta a vida.

Hoje eu vim apresentar um novo quadro pra vocês!



Geral sabe que além de amar a leitura, eu tenho o sonho de ser escritora. Ta, não sei se todo mundo sabe, mas que eu já falei isso aqui várias vezes, isso foi.

Eu amo livros. E amo inventar história. Escrevo desde que me entendo por gente. Ta certo que quando era menor meus poemas eram um lixo, aquele "rosas são vermelhas, violetas são azuis" chega  a ser original e espirituoso. Hoje em dia eles não melhoraram muito não. Salvo uma decepção amorosa aqui, uma análise sobre a vida ali, meus poemas são bem medianos. Mas a minha praia é prosa.



Vivo criando personagens e histórias novas, onde tudo pode acontecer e nada é premeditado. Gosto da fantasia, da ficção científica, do impossível.

Tenho também algumas histórias mais levinhas, ficção adolescente e tals. Até diria para vocês conferirem uma delas no wattpad, mas está em revisão. Quem sabe quando estiver pronta.

Olha ai. Vocês deixaram eu falar, falar, e não cheguei a ponto nenhum. Quando for assim manda eu parar que eu paro.

Vamos ser objetivos. Prometo.

Eu gosto de escrever. Ponto. Mas escrever ás vezes não é o melhor hobbie do mundo não. Você tem que pensar no personagem, no cenário, na história em si. Tem que pensar se vai ter alguma moral oculta, como vai ser o começo e se o final vai ser bom. Isso se tiver final. E no meio disso tudo ainda tem aquela característica maravilhosa que a maioria dos escritores trazem consigo: o perfeccionismo.

Pensando nisso, resolvi trazer aqui algumas situações e dicas que todo escritor passou ou vai passar.

Lembrando sempre que eu sou totalmente amadora, então sintam-se à vontade para sugerir, criticar e me mandar catar coquinho. Mentira, vamos respeitar todos os seres humaninhos, por favor.

Condutor de Primeira Viagem


Como o quadro é novo, eu resolvi juntar aqui algumas dicazinhas que eu considero essencial para escrever. Conforme o tempo for passando, vamos nos aprofundar mais em cada situação que um escritor passa e eu vou tentar sempre trazer dicas para vocês, sejam elas minhas ou de amigos.

Não contei que eu tenho amigos que escrevem? Desculpa. Eu tenho. E considerem isso como uma pré-dica: tenham sempre contatos que escrevem. Assim vocês podem desabafar sobre seus problemas e ganhar conselhos e dicas super uteis. 

Mas vamos deixar de enrolar e começar!

1. Anote tudo!

Eu vou começar com essa dica porque para mim é a mais importante. Sério. Eu tenho várias idéias em momentos estranhos. Quando estou tomando banho, assistindo algum filme, conversando com alguém ou até no meio da rua. Simplesmente um pensamento passa pela minha cabeça e eu penso que tenho que transformá-lo em uma história. 
E é ai que mora o perigo.
As situações são tão aleatórias que nem sempre tenho um bloco para anotar as ideias. Minha dica é: use o celular. A gente não anda por ai com canetas e papeis todos os dias, mas sempre temos por perto um celular. Geralmente né.
Escreva nas notas do celular.
Mas escreva mesmo. Não resuma tudo em uma frase que nem sempre você consegue se lembrar direito da ideia. Descreva toda a ideia e seu proposito.
(Se você é que nem eu e tem ideias quando está quase dormindo, mantenha perto da sua cama seu celular ou um bloquinho. Não fique com preguiça de escrever achando que amanhã você vai se lembrar porque não vai.)

2. Um bom leitor é um bom escritor

Não adianta você ter ideias boas se você não consegue usá-las da maneira correta. Ideias para mim são como diamantes brutos. É preciso lapidá-las, deixá-las da melhor forma a serem apresentadas. E às vezes isso é bem difícil. Nem sempre conseguimos usar a ideia da melhor maneira e é ai que mora o perigo.
Leiam sempre,
Pegue o seu livro favorito e explique pra si mesmo o porque dele ser tão bom. Por que você gosta tanto da escrita daquele autor? Tente reproduzir alguns detalhes que fazem aquele livro tão especial para você.
Mas não copiei o modo de escrita de ninguém. Você pode sim introduzir alguns detalhes dos outros, mas o seu modo de escrever deve ser apenas seu.
Eu digo que escrever é um processo de descobrimento, assim como aquele que passamos na adolescência. Devemos conhecer diversos modos de escrita diferentes. Assim saberemos qual aspectos nos agradam mais e conheceremos então o nosso modo de escrita.

3. Um parágrafo de cada vez.

Não adianta escrever pensando no que vai acontecer dali a duas ou vinte páginas. Muitos escritores fazem roteiros, antes de escrever a história em si. Até J. K. Rowling fez isso. Cada um tem seu modo de escrever.
Mas na hora de escrever,você deve se concentrar no que está acontecendo no momento. Assim você não corre o risco de se perder ou esquecer o que estava prestes a escrever.
Não se desespere se você for do tipo que demora para escrever.
Existem escritores que conseguem escrever um livro em pouco mais de um mês, mas não é todo mundo que consegue isso.
Não tem o menor problema.
Vá no seu tempo. Sem atropelar ou se desesperar.


4. Relaxe

Todo mundo já passou por um bloqueio criativo. Escritores, pintores, arquitetos... todo mundo! 
Você tenta escrever, mas nada sai. Escreve, rabisca, amassa o papel e joga no lixo. E ai faz isso várias e várias vezes.
Não se desespere quando o bloqueio chegar, porque ele vai.
Dê uma pausa.
Tome um café, chá, refrigerante, sei lá. Tome um banho, quente de prefêrencia, para relaxar. Ouça uma música. Leia um pouco. Se desconecte por algumas horinhas da escrita.
Quando sentir que está mais relaxado, tente novamente.
E lembre-se, o bloqueio pode até demorar dias, meses... mas ele não é pra sempre.


5. Escreva sem medo de ser feliz

Antes de começar eu citei o perfeccionismo porque ele é bastante comum. Na verdade, só conheci uma pessoa que não era afetada pelo perfeccionismo. Um milagre talvez? Não sei.
Por mais que ser perfeccionista seja uma boa, já que você sempre vai tentar melhorar e com isso seu trabalho vai se tornar o melhor que ele pode ser, existe alguns contras.
Eu sou extremamente perfeccionista. Não nego isso para ninguém.
O que é horrível.
Você tá la escrevendo, ta tudo fluindo quando de repente o perfeccionismo bate na sua porta e você deixou de trancá-la. Como diria o Jorge e o Mateus, aí já era. Aquilo que até poucos segundos estava bom agora está uma merda, horrível, como pude escrever algo assim?
Você apaga e tenta de novo.

E de novo. E de novo.

Para tudo!

Se isso acontecer contigo, faz como na ultima dica e relaxa.Nem tudo que você escreveu vai te apaixonar. E não é porque você não é um bom escritor ou qualquer coisa que você diga a si mesmo quando o perfeccionismo ataca.
Você nunca vai gostar de 100% do seu trabalho. Mas isso não significa que você deva parar de escrever.

Tente deixar o perfeccionismo de lado. Foque na sua história e escreva por prazer. Não fique pensando que os leitores não vão gostar e blá blá blá. Quem tem que gostar primeiro é você.

Se acha que não ta bom mesmo, muda. Mas não fique preso ao perfeccionismo. Não vai te ajudar em nada.

***

Ufa! Isso aqui rendeu. 

Foram poucas dicas, mas acredito que trouxe as mais importantes. O quadro vai continuar, mas não nas quintas. Toda terça vai ter algo novo a respeito de nós, os escritores amadores. Se você tem alguma dica e quer compartilhar com a gente, é só comentar. Não seja tímido. Eu não mordo.
Ah e pra quem achou que a dica sobre bloqueio criativo ficou muito pequena, relaxa. To planejando fazer um post somente para isso.

É isso amores, nos vemos no sábado!

24 comentários:

  1. Olá Camila
    Adorei seu post, ficou show!! As dicas também são maravilhosas. Anotar tudo é essencial mesmo nessa caminhada, assim como é preciso ser paciente para poder escrever no tempo certo. E, claro, relaxar sempre!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá Camila,
    Queria ter o lento para a escrita o quanto amo a leitura. Admiro quem tem essa facilidade. Mas as suas dicas são realmente boas. Sempre é bom anotar tudo, escrever o que gosta e se divertir.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  3. Olá, amei as dicas que você deu e talvez por isso eu não me dê muito bem na escrita, eu ja comecei varios textos mas não terminei nenhum porque eu não sei relaxar nem ter paciencia, se eu pudesse ficaria escrevendo dias e dias até terminar, como não posso quando tenho que dar uma pausa, simplesmente não sai o resto. kkkkkkk. Em relação a todo leitor ser bom escritor, super apoio, é a maioria dos livros que leio que me inspiram a escrever. Sucesso!
    facesemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Gostei bastante da coluna e realmente desejo tudo de bom nessa sua caminhada como escritora. Sei que não é fácil e precisa ter o dom para isso.
    Achei as dicas bem interessantes, embora por enquanto eu não tenha o sonho de escrever elas estão anotadas. Vai que um dia né rsrs

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Camila,
    Que post mais bacana. Eu não escrevo, mas tenho ideias boas para textos e histórias e estou sempre mandando para amigos que escrevem. Não sei se, necessariamente um bom leitor é um bom escritor, mas acho que um bom escrito precisa ser um leitor. Existem muitas pessoas que leem, sabem escrever corretamente e não tem ideias. Acho que a parte de anotar é a mais importante, vá criando arquivos no word e escreva e escreva.
    Quero ver mais posts da coluna.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila

    Que projeto bacana. Gostaria muito de ter tempo para escrever, mas infelizmente tenho mil outras coisas e não consigo me dedicar. Adorei as dicas preciosas que você deu para aqueles que se aventuram pelo mundo das palavras.
    Excelente post.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    muito original e legal a sua idéia. Diferente de tudo que vemos por aqui, adorei a originalidade.
    Excelente post.
    Beijos
    Ps : Aqui tbm esta bem frio...
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi amoreca!!!
    Que lindeza essa postagem amei!!!
    Eu nessa semana resolvi resgatar uma coluna que há tempos estava parada no meu blog que é a coluna de meus escritos... pensamentos... tenho muita coisa legal pra postar... quem sabe em algum momento meus textos possam ajudar alguém!

    Adorei as dicas... vão ser muito úteis pra mim nesse momento!
    Beijokas!!!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi linda, tudo bem?
    Ótimas dicas para quem gosta de escrever e para quem tem pretensões de fazer disso uma profissão.
    Acho que realmente anotar tudo é uma ótima dica, pois nunca se sabe o que poderá servir como inspiração futuramente.
    Ter contato com outros escritores também é algo muito bom, pois é sempre bom ter alguém para trocar ideias...


    Beijos :*
    http://livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Camila!
    Achei suas dicas muito pertinentes! Eu tb tenho mania de ser perfeccionista, sempre corrigindo e recorrigindo o texto antes mesmo de terminar de escrevê-lo, por isso demoro mais para fechar um conto. Também gosto dos momentos "relax", acho-os essenciais não só para lidar com bloqueio, mas também para apreciar momentos entre um pedaço da história e outro. Ajuda muito! Foram ótimas dicas! Desejo muito sucesso na sua carreira! bj!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Eu estou vendo que muitos blogs estão postando coisas com dicas sobre a escrita. Acho que realmente todo leitor tem o sonho de escrever um livro, eu tenho esse sonho. Mas realmente essas dicas tem que ser seguidas para que flua algo! Ainda não sigo elas! E acho que põe isso não saio de poucas páginas de Words! Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oie, sabe que adorei as dicas, e você disse que é iniciante mas as dicas foram maravilhosas! Principalmente a do anotar... eu sempre tenho ideias aleatoriamente e realmente nem sempre anoto e depois puft, foi embora e não lembro mais. Sobre A do relaxar e a de um parágrafo de cada vez também fiquei me identificando muito

    ResponderExcluir
  13. Achei as dicas bem interessantes, e vou tentar seguir. Gostei da forma simples como você explicou cada uma delas e acho que pode ser bem útil para mim.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Ola Camila lindona ótimo quadro e dicas, principalmente para quem quer começar a escrever, eu não me vejo autora confesso. Anotar tudo com certeza vale para as autoras e todos nós. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Muito legal seu post! São dicas valiosas para quem quer começar a escrever! Eu, infelizmente, ainda não criei essa coragem mas achei muito legal da sua parte compartilhar seu conhecimento com os leitores. Espero que você consiga seguir seu sonho e se torne uma escritora de muito sucesso!
    Beijos.
    arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, nossa, que post grande kkk mas é assim mesmo, quando a gente se empolga sai de baixo!!!! é assim comigo também =D

    Eu sou escritora e acho muito legal compartilhar as experiências com outros escritores e até mesmo para quem quer começar. Achei suas dicas super válidas mas uma que eu não achei tão legal assim foi a de anotar tudo. Comigo isso não funciona. Se eu não sentar com calma para escrever eu não consigo produzir direito, então eu não ando por aí anotando as ideias que surgem. Eu gosto de ter algumas ideias anotadas para juntá-las ao texto geral depois, por exemplo: Possíveis títulos, situações que podem acontecer com personagens, cenários bacanas... às vezes eu penso em algo que está mais para frente do que estou escrevendo e para não me perder ou não tirar o foco do momento atual, eu anoto só um rascunho mesmo e a verdadeira ideia eu vou explorar com calma quando chegar o momento certo.

    ResponderExcluir
  17. Oiee ^^
    Eu tento anotar. Juro que tento, mas não consigo! Tenho a cena na minha cabeça, mas não sei como pôr no papel, sabe? Imagino como um filme, não como um livro, aí bagunça tudo...haha' Mas o maior problema para mim, pelo menos até agora, é que eu, na maioria das vezes, sei o meio (algumas partes) e o final das histórias, mas não faço a menor ideia de como começar. Mas, ainda assim, eu tenho um caderninho onde anoto algumas histórias, e alguns documentos no word iniciados...haha' espero conseguir finalizar todos um dia...
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    PS: Adorei o post!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Adorei as suas dicas para um autor de primeira viagem.
    Eu sempre quando vou dormir fico bolando histórias na minha mente pra me distrair e pegar no sono, as vezes continuo as histórias, as vezes ou um rumo diferente, e as vezes tenho vontade de passa-las para o papel, mas por enquanto fica só na vontade mesmo, vai que um dia eu animo

    ResponderExcluir
  19. Que legal que você escreve! Achei muito legal sua ideia para coluna e as dicas foram ótimas, realmente vejo que pra quem escreve é essencial nunca perder uma ideia, e é essencial até esse bloquinho do lado da cama mesmo. Não escrevo nada, mas deve ser importante mesmo ter amigos que também escrevem para dividir as alegrias e agonias... Rs... Espero que a coluna tenha vida longa porque pode ajudar muita gente!

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem? Adorei suas dicas, concordo com tudo, principalmente na parte de anotar tudo e relaxar (ESSENCIAL), também amo escrever e espero ter mais tempo em breve para fazer isso. Sua coluna é uma ótima ideia, continue :D Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom? Gostei bastante do seu post e são dicas bem legais para quem quer começar a escrever. Acho que escrever pode ser o melhor hobby, mas fácil não é; requer além da criatividade para se imaginar histórias a paciência para colocá-la no papel e dar forma à narrativa. É um trabalho suado, demorado e pode ser estressante, mesmo quando feito com muito amor. Requer bastante dedicação. Acho que nem todo bom leitor é necessariamente um bom escritor, mas um bom escritor precisa sim ser um bom leitor. Vou gostar de acompanhar essa nova coluna!:D
    Sucesso!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Boa sorte na sua carreira de escritora! Eu não costumo escrever prosa nem poesia, mas gostei da ideia da coluna, aposto que vai ajudar muita gente :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Eu gosto de escrever, contudo nunca pensei em publicar algo meu, sei que é raro escritores ter esse pensamento, mas é assim que me sinto. Achei as dicas muito boas, principalmente para quem pensa em publicar suas obras. Achei o post super interessante e já estou no aguardo dos próximos.
    Apesar de você ter escrito que é bom começar a escrever com o presente, já eu escrevo aquilo que me vem a mente e depois vou encaixando uma parte na outra, para mim isso funciona super.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Uau eu adorei suas dicas, ótimas mesmo para um condutor de primeira viagem, sempre importante prestar atenção nesses quesitos para ter uma escrita bacana. Adorei mesmo!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir