quinta-feira, 28 de julho de 2016

Tag dos 7 Pecados Capitais

Olá todo mundo!

Essa semana ta saindo muitas tags. não é mesmo? Mas acho que essa é a última. Acho. Eu fui indicada pelo Loucura por Leituras e, vamos falar a verdade, sempreé bom responder uma Tag. São tão divertidas?

Essa Tag consiste em associar os setes pecados capitais (você sabe: inveja, gula, preguiça, luxúria, ira e avareza) com livros. Super bacana, não?

Vamos começar então!




1- Inveja: Qual livro você gostaria de receber de presente?



Eu sou totalmente apaixonada por Dezesseis Luas. Por um acaso do destino, eu li o livro antes de assistir o filme. Ainda bem. Se fosse o contrário não acho que eu me sentiria motivada a conhecer os livros.
Eu simplesmente amo os personagens e a narrativa dessas mulheres incríveis.
Infelizmente todas as leituras foram feitas por ebooks. Mas um dia eu consigo juntar dinheiro e compro essa coleção maravilhosa. Assim eu paro de namorá-los na vitrine da livraria.



2- Luxúria: Que atributos você acha mais atraentes em personagens femininos e masculinos?

Eu sou fascinada por personalidades fortes. Sabe aquele tipo de personagem que tem coragem e diz pra que veio? Amo. Amo personagens com atitude, com opinião própria. Mais que isso. Amo personagens que cresce junto com a narrativa. Que se desenvolve na medida que o tempo passa e se transforma.
Mas confesso que tenho uma quedinha por vilões. Como sou apaixonada por Bad Boys e Bad Girls. Os melhores!


3- Orgulho: Que livro você tem mais orgulho de ter lido?


Não é por nada não, mas um dos meus livros favoritos, se não o favorito, é Pollyana. Por mais que a personagem principal seja uma criança ingênua, a história é uma daquelas que até mesmo os adultos deveriam ler. Tem cada lição de vida, que menina! Eu fico embasbacada.
Eu li esse livro ainda quando tinha uns dez, onze anos e a história me ajudou bastante. Eu que sempre tive uma veia dramática, chegando às vezes a reclamar demais, comecei a me policiar. Afinal, se a gente for reclamar de tudo que nos acontece... Haja paciência.
Por isso eu bato no peito e grito: Eu li esse livro!



 4- Preguiça: Qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?


Então... Na verdade, eu não tenho negligenciado. Eu abandonei mesmo. Ah, mais ou menos, uns três anos. Acho que sim. Vou explicar.
A minha parte favorita na hora de escrever são as descrições. Amo detalhar os onde, quando, como, porquê. Amo dizer como um personagem é e o que está sentindo.
Mas eu detesto, odeio, chego a me irritar de verdade quando o livro é muito detalhista. Quando se passa anos e o autor ainda ta dizendo que Mariazinha ta de vestido rosa porque sua mãe quem fez e ela não queria decepcioná-la, mas na verdade Mariazinha gosta mesmo é de azul o que faz com que Joãozinho a ignore porque ele detesta azul e blá blá blá.
Ta vendo como é chato?
Agora imagina isso num livro inteiro.
Eu achei a história muito fascinante, mas céus! Quanto detalhe. Não aguentei e parei na metade. 



5- Gula: Qual livro você devorou sem vergonha nenhuma?



 Era fim de ano e eu estava na casa da amiga de uma tia minha. Todo mundo tava se divertindo. Era churrasco, afinal. Os adultos bebiam e contavam piadas sem graça, que com a ajuda do álcool pareciam vindas de Stand Up. As crianças corriam de um lado para outro, felizes e a gargalhar, não pareciam nem perto de estarem se cansado.
E lá estava eu.
No canto escuro e afastado.
Entediada.
Pensando em variadas maneiras de me suicidar e de como seria divertido que alguém achasse meu corpo em algum lugar da casa.
Foi quando eu me lembrei, havia um livro na minha mochila. Um livro novo, com resenhas positivas e que ainda nao havia lido.
E foi assim que eu li tudo em só dia e me apaixonei por Patch.
Aquele livro agora era meu porto seguro, pra onde eu poderia correr nos dias entediantes e nas noites frias. Era mais do que o simples livro. Era o meu lugar favorito no mundo.



6- Ira: Com qual autor você tem uma relação de amor e ódio?


Ta vendo essa garota sorrindo? Simpática ela, não? Nem parece que assassina os seus personagens à sangue frio.

Ah, você diz isso porque não leu Game of Thrones.

Ainda não li mesmo. Mas eu sei que tem morte pra tudo que é lado e que você nunca deve se apegar a ninguém. Não to assim tão por fora.
Mas a Kiera não simplesmente mata.
Ela cria uma vilã, faz você odiá-la, pedir pela morte dela. Coloca tudo que há de ruim no mundo num único ser e você fica lá torcendo "morre, morre, morre". E daí vocÊ descobre que a garota é legal, que é uma boa pessoa. Que fez tudo aquilo por medo e por influência dos pais. (Oi Draco)
E você começa a gostar dela. Todo mundo começa a gostar dela. Fazem planos pro futuro sobre ela.
E ela morre. Num piscar de olhos. Do nada. 
Valeu Kiera, muito legal você.
À propósito, sua vaga no inferno foi reservada com sucesso.

P.S.: Vou nem falar sobre como ela enrola pra juntar um casal e no dia que eles ficam finalmente juntos, o livro acaba.
Daí você vai ler o Epílogo e tem uma página - às vezes, nem isso -. Uma página que não resume muito bem o que diabos aconteça.
Repete comigo pra acalmar: "Não tem agradecimentos. Não tem agradecimentos. Não tem..." Merda, Kiera!


7- Avareza: Qual o seu livro mais caro e mais barato?

Eu comprei esse livro na ultima Bienal e bem, foi bem carinho. Não foi o olho da cara, até porque eu não tenho livros assim.Ainda não. Vem logo indepedência pra eu me encher de livros e de dívidas! Custou uns R$ 36,00. Algo assim. Não lembro direito. Acreditem, pra uma Capricórniana que vive a contar as moedas, esse livro tava caro sim.
Esse aqui foi uma pechincha. É exatamente por isso que amo sebos e seus tesouros. Sabe quanto? Chuta ai! Apenas R$ 5,00! Isso que é dinheiro bem gasto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário