sábado, 11 de junho de 2016

Becca Fitzpatrick

Olá, olá!

Voltei nesse frio e lindo sábado pra gente poder conversar um pouco mais. Vocês sabem que esse blog ta beeeeem no começo e por isso que eu só to trazendo conteúdos que eu realmente conheço. Livros que já li e gostei, autores que me marcaram, assuntos no qual eu tenho total confiança em falar com vocês.

É claro que a medida que o blog vá crescendo, eu vou procurar trazer conteúdos mais voltados para o gosto de você. Mas como vocês ainda não aprenderam a comentar ou me chamar no twitter, então vamos seguir com outra escritora da minha vida.

Hoje nós vamos falar sobre a linda da Becca Fitzpatrick. Sim, aquela que escreveu a linda saga Hush Hush. Bora lá?



Nascida em 3 de fevereiro de 1979, Becca é um exemplo para nós que compartilhamos o sonho de embarcar nesse mundo dos livros, não como viajantes, mas sim como condutores. Sim, sim. Ao contrário da maioria, Fitzpatrick abandonou por completo a faculdade e se dispôs a escrever.

É possível?

Parece que sim.

Ela cresceu em Caterville, Utah, e até chegou a se formar na Universidade de Brigam Young, no curso da área de Saúde, mas abandonou o diploma e foi em buscar de seu grande sonho: ser escritora!

Acontece que ela já tinha esse sonho desde pequena. Sim, sim. Me identifiquei outra vez.

O seu amor pela escrita surgiu no jardim de infância, quando ela e a irmã mais velha, Heather, passaram a escrever histórias. Como toda mortal, elas odiavam a escola por conta das "garotas malvadas". 

A gente te entende, B.

Elas então inventavam, toda a noite, um novo episódio para os contos denominados The Bus Adventures.  Adivinha do que falava esse conto?

É claro que narrava histórias pra lá de mórbidas onde todas as crianças más da escola ficavam trancadas no ônibus e eram jogadas num penhasco. Becca, me apaixonei por você.

Foi no verão antes de entrar na segunda série que sua família se mudou para North Plake, Nebraska. Ela descobriu nesta época Nancy Drew e Trixie Belden. Junto com sua irmã Heather passavam várias noites com uma lanterna, sob suas camas, se aventurando na leitura da histórias de suas personagens detetives favoritas. Porém, isso foi interrompido quando sua irmã decidiu que tinha crescido o bastante para ter o seu próprio quarto. Becca então passou a dividir o quarto com sua irmã mais nova, Christian, que lhe introduziu no fantástico universo de Roald Dahl (autor de A Fantástica Fábrica de Chocolate  e Matilda).

Deu pra perceber o quão mágica foi a infância/adolescência de Becca, não?

Becca acredita que a razão por escrever YA (Young Adults) é ter tantas lembranças vívidas do colegial. Embora ela sempre tenha guardado este sonho, teve uma fase em sua vida em que desejou ser uma espiã, devido ao seu gosto pelo mistério.

Em dezembro de 2000 se casou com Justin. Se formou em 2001, mas passou a trabalhar como secretária/professora/contadora de uma escola. Mas tudo mudou em fevereiro de 2003, quando de vigésimo quarto aniversário uma aula de redação. Foi neste dia, durante a aula, que os primeiros rabiscos de Hush Hush apareceu.

"Os seres humanos são vulneráveis, porque são capazes de sofrer."

Mas não pensa que foi fácil não. Ela escreveu e rescreveu essa história durante cinco anos.

Numa entrevista, Becca conta que no primeiro momento soube que Patch, o nosso adorado Patch, seria um bad boy. Mas ao longo que escrevia percebeu que nem sempre ele fora assim. Antes ele era um dos caras bons, mas a partir de um momento se tornou o cara mau.

Nora também mudou. Mas do que Patch, se pararmos pra vê. No início era bem arrogante, beirando ao egoísmo. Foi preciso reescrever várias vezes para que ela se tornasse o que é hoje, o exato o oposto de Patch. 

Querem saber mais? Então lá vai:

Patch é na verdade inspirado numa pessoa que a autora conheceu no passado.

Por que será que isso me cheira a crush antigo?

Becca afirma que isso foi a muito tempo. Tanto que nem espera que essa pessoa continue desse jeito.

Pois é, meus amores.

Os direitos do livro foram a leilão e acabou sendo arrebatado pela Simon & Schuster. Becca afirma que vê o livro e poder tocá-lo é a realização de seus sonhos.

A gente te entende².

Além dos livros da saga Hush Hush (Sussurro, Crescendo, Silêncio e Finale) ela escreveu Black Ice e Perigo Irresistível.

Ah, ela também participou do livro Kiss Me Deadly: 13 Tales of Paranormal Love. Sim meus amigos, mais um romance gótico suave :D

Gostou? Comenta.
Não gostou? Comenta.

A gente se vê na segunda! (; 

Nenhum comentário:

Postar um comentário