sábado, 28 de maio de 2016

Kiera Cass

Aeeee é sábado!
E por qual motivo to comemorando? Porque é dia de falar como vocês, é claro! Achou que eu ia esquecer disso? Ia mesmo, mas isso não vem ao caso.

E hoje nós vamos falar dela, a diva, a top, a maravilhosa... (tambores rufando) Kiera Cass!


Se você, assim como eu, leu algum dos livros dessa linda e se apaixonou então vem comigo. Se você não leu, então vamos descobrir quem essa mulher, meu amor!

Se abrirmos qualquer livro da Kiera vamos encontrar na contra-capa a seguinte descrição:

"Kiera Cass nasceu em 1981, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Formou-se em história na Universidade de Radford, na Vírginia, e publicou seu primeiro livro, The Siren, em 2009, em uma edição independente. Beijou aproximadamente catorze garotos em sua vida, mas nenhum deles era um príncipe."

Isso por acaso nos diz quem é Kiera de verdade? O que essa mulher gosta de fazer? Como ela é? Não. Então vamos tentar entender um pouco melhor essa criatura que nos fez chorar tantas vezes.

Foi em 19 de maio que esse ser cheio de luz resolveu dividir o mesmo planeta que nós. ainda bem. 

A primeira coisa que temos que saber sobre a Kiera é: ela é bem indecisa.

Não acredita? Então vamos aos fatos!

Logo que terminou o ensino médio, decidiu seguir sua maior ambição, o teatro. Formou-se, então, em Teatro Musical na Coastal Carolina University. Depois decidiu mudar de cusro e foi estudar Musica na Universidade de Radford. Mas não gostou... Então mudou para Comunicação e depois para História, onde finalmente se formou. Ufa!

Kiera afirma que é gente como a gente. É bem palhaça e todos no colégio a chamavam de esquisita. A gente te entende K. Ela também não ligava muito pra moda não, viu? Não andava coma turma descolada, mas tinha amigos fieis. Me identifiquei. 

Quando acabou de se formar, Kiera se casou com um garoto que ela mais rejeitava na faculdade. "Não sei como ele fez isso!", afirma a autora. Se mudou para Blacksburg, Virginia, onde pretendia ser bela, recatada e do lar. Quer dizer... ser dona de casa e cuidar dos filhos. 

Mas... a vida olhou bem pra Kiera e disse não. "Ela tem potencial para muito mais", confidenciou a Vida, "Não podia deixar todo seu talento oculto."

 A criadora de America acabou passando por um momento tenso de sua vida e decidiu escrever para ver como uma personagem passaria pelos mesmos problemas que ela. Isso acabou se tornando um hábito e logo ela já estava escrevendo A Sereia, que saiu esse ano inclusive aqui no Brasil.

"Pra mim ler é uma ótima maneira de lidar com os meus sentimentos, então a ideia de escrever uma história pareceu boa."

America foi a terceira personagem a "surgir" para Kiera, mas uma das primeiras a exigir que ela escrevesse sua história. A autora já confidenciou até que teve como inspiração a história de Ester(da Bíblia) e da Cinderela. "Cinderela nunca pediu um príncipe; pediu uma noite fora e um vestido."

A seleção foi publicada em 2012 e se passa num futuro alternativo. A trilogia chegou a ser cogitada para um série, a qual seria transmitida na The CW, mas o piloto foi rejeitado. :(
Mas não se entristeçam porque a Seleção vai virar filme! Agora sim! Os direitos foram comprados pela Warner Bros, mas ainda não foi revelado o elenco.

Não tem problema, a gente espera aqui quietinhos enquanto temos mini infartos. Tem problema nenhum :D

Eu confesso que já li todos os livros, tirando A Coroa e A Sereia. Mas em breve vou ler e talvez (Eu disse talvez) faça uma resenha de um desses livros. 

A Kiera já falou pra gente que se identifica com a May, mas teve problemas com a America. Ao contrário de Kalhen, protagonista de A Sereia, ela não contava tudo na lata e chegava a se misteriosa. Quando terminou o primeiro livro, Kiera percebeu que estava tudo errado sobre a ruiva e que ela precisaria rescrever. Também percebeu que quem ela cogitara ficar com a America era sua escolha, e não da protagonista.

America sendo rebelde desde sempre...

Por fim ela passou a escrever perguntando para America o que ela faria em seguida, o que nos deu essa joia que chamamos de livro. Ah, a danada sabia desde o começo a maioria dos segredos dos personagens, o que não deixou de surpreendê-la quando descobriu o romance de Marlle e Carter.

Ela disse que sabia que Marlee tinha um segredo, mas não sabia o que era e se isso seria revelado. "Quando isso ficou claro, precisei lidar com o fato de que ela e Carter seriam punidos." A tadinha teve que pesquisar sobre açoitamentos e essas coisas. "Foi difícil lidar com isso quando me dei conta de que aconteceria com Marlee. Tinha de fazer pausas enquanto escrevia, e chorei em alguns momentos."

A gente também, flor. Dá pra ver que a Kiera se importar tanto com personagens como nós, pobres mortais que choramos e pedimos para que eles sejam reais. 

Obras da Kiera:
  1. A Seleção -2012
  2. A Elite - 2013
  3. A Escolha - 2014
  4. A Sereia - 2016 (2009 nos Eua)
  5. O Príncipe - 2013
  6. O Guarda - 2014
  7. Contos da Seleção: O Príncipe e o Guarda - 2014
  8. A Rainha - 2014
  9. Diário da Seleção - 2014
  10. A Favorita - 2015
  11. Felizes Para Sempre - 2015
  12. A Herdeira - 2015
  13. A Coroa - 2016

Puxa! Essa história rendeu, hein? 

Algumas curiosidades: Kiera já veio ao Brasil, na Bienal de 2014. Sim, meus queridos. Ela também tem um canal no youtube:  Kiera Cass on YouTube.

Isso é tudo! Se tiver algo pra acrescentar, comenta a embaixo. Adorei falar sobre esa diva e deu pra ver que eu controlei bem meu lado fã - aham, claro que sim. Nos vemos então na segunda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário